[Revista PnP] Boletim nº 117 - Migrar ou não migrar para o Windows 7 ?
Revista PnP
Mais útil que uma revista, mais atual que os livros!
Visite nosso site: www.revistapnp.com.br
Problemas de visualização desta mensagem? leia on-line

Boletim informativo nº 117 - 31/7/09
Prezado(a)

A Microsoft anunciou em 29 de julho passado que completou o desenvolvimento do Windows 7, tendo liberado a produção industrial dos DVDs preparando o lançamento que ocorrerá mundialmente em Outubro próximo. Talvez os brasileiros tenham que esperar um pouco mais para ter a versão em português, mas o fato é que o Vista “já era” — longa vida ao Windows 7!
E a pergunta que fica no ar é sempre a mesma: se o Vista foi um fiasco, na opinião de muita gente, será que devo migrar meus computadores para o Windows 7, sendo que ele não passa de um Vista repaginado? É isto o que vamos analisar.

Migrar ou não migrar para o Windows 7 que será lançado em Outubro de 2009?

Sempre que a Microsoft lança um novo Windows a pergunta é sempre a mesma: mudar ou não mudar? A resposta não é fácil de obter, e depende do tipo de usuário. Deixando de lado a versão para servidores, analisemos quais são os grupos de usuários que precisarão fazer sua opção:

  1. Pessoas que precisam ou querem estar sempre com a última versão de tudo,
  2. Pessoas que atualmente usam Macintosh ou Linux,
  3. Aqueles que estão satisfeitos com o XP e não parecem ter interesse em mudanças,
  4. Quem experimentou e não gostou do Vista, mas pode estar curioso a respeito do Windows 7,
  5. Quem já está usando o Vista, e finalmente
  6. Todos os demais usuários de Windows.
Analisemos o que acontece em cada um destes públicos:

1. Pessoas que precisam ou querem estar sempre com a última versão de tudo
Se você for um profissional da área de sistemas ou adora ter novos brinquedinhos para se divertir, a resposta certamente será um sonoro “SIM, PORQUE NÃO?!?!?”. Se você gosta de explorar um novo sistema operacional e não se importa com os pequenos (ou grandes) problemas que certamente aparecerão na migração, você não tem nada a perder exceto aqueles aplicatvos e equipamentos antigos que tem usado até o presente momento. Certamente, este não é um grupo muito grande.

2. Pessoas que atualmente usam Macintosh ou Linux
Bem, neste caso... acho que eles simplesmente ignorarão o novo Windows ou pior, o acharão ridículo e patético, como sem foi. Nada a dizer para este grupo: se estão satisfeitos com seus Macs ou micros com Linux que continuem assim. O Windows 7 nada tem a oferecer para este pessoal que os faça mudar de idéia.

3. Aqueles que estão satisfeitos com o XP e não parecem ter interesse em mudanças
Se você NÃO tem equipamento suficiente para rodar o novo Windows 7, então poderá até pular este tópico, a não ser que esteja planejando fazer um upgrade ou comprar uma máquina nova. Pois então, quem TEM um micro à altura do Windows Vista e que, portanto, poderá também rodar o Windows 7 tranqüilamente, talvez se interesse por esta análise que mostramos a seguir:

O Windows XP é um excelente sistema operacional, até por isso é que a maior parte dos computadores (mais de 80%) rodam com ele. O suporte da Microsoft ao XP foi estendido até abril de 2014, portanto, nada existe existe que o force a migrar para o Windows 7 nos próximos tempos.

Aliás, cabe aqui uma consideração interessante. A Microsoft está fazendo de tudo para que seus consumidores se esqueçam do XP. Parece ilógico, pois a mesma empresa que criou o mais popular sistema operacional de todos os tempos não quer mais vendê-lo. É como se o McDonalds resolvesse não vender mais Big Macs ou se a Coca-Cola parasse de produzir refrigerantes... Entretanto, assim funciona o capitalismo, é a tal “da obsolescência programada”.

Além deste fator, ou seja, que as Microsoft deixou de considerar o XP como seu filho mais importante, existe a parte técnica do Windows 7. Em especial, o Windows 7 é que vai passar a receber o melhor suporte ao hardware e às novas medidas de segurança. Com isso, o XP começará a ficar mais e mais defasado nos próximos anos.

Assim, para este grupo que usa o XP mas tem hardware para rodar o Vista, o que podemos dizer é que você poderá até rodar seu querido XP por mais algum tempo, mas logo precisará considerar seriamente a mudança para o Windows 7, goste dele ou não.

4. Quem experimentou e não gostou do Vista, mas está curioso a respeito do Windows 7
Para este grupo, devemos dizer que o Windows 7 é realmente um Vista revisitado mas... justiça seja feita: se o produto final estiver igual à versão de testes (“RC”), podemos afirmar que o Windows 7 é, na verdade, o que o Vista deveria ter sido desde o começo.

O Windows 7 parece ser mais leve e roda de maneira aceitável na maior parte dos micros antigos que não conseguem rodar o Vista. Os problemas de compatibilidade com aplicativos e dispositivos de hardware também foram resolvidos, de uma forma ou de outra. Analisaremos mais adiante as diferenças trazidas pelo Windows 7, mas por enquanto basta dizer para este grupo que o Windows 7 é bem-vindo, e que se você não gostou do Vista merece tentar ao menos a versão de testes do Windows 7 que pode ser baixada gratuitamente do site da Microsoft e, quem sabe, você vai se surpreender ao ver que o Vista parece um rascunho mal feito do Windows 7.
L A N Ç A M E N T O !!
Versão 2.6 do DVD de Service Packs e Utilitários para Windows da Thecnica Sistemas
A nova versão traz o SP1 e SP2 para o Windows Vista, assim como para as demais versões de Windows e de Office. Tem também diversos antivirus e utilitários para instalar no micro ou para rodar direto do DVD.
Ver mais detalhes e encomendar

5. Quem já está usando o Vista
Provavelmente se está usando o Vista é porque está satisfeito com ele e provavelmente ficará ainda mais satisfeito com o Windows 7, que é mais ligeiro e compatível. Se você está usando o Vista contra sua vontade, porque comprou um micro com ele ou porque roda algum programa que só funciona no Vista, então a boa notícia é que o Vista “curou” muitos dos alegados problemas do Vista (vide adiante).

6. Todos os demais usuários de Windows
Este é o grupo mais numeroso. Muita gente desconhece qual é o Windows que está no micro que usa todos os dias, sabe apenas que “alguém” colocou “um Windows” lá e pronto. Aliás, muita gente confunde seu computador com o próprio Windows e vice-versa, é comum pessoas assim dizerem coisas como “o meu Windows está com problema” quando na verdade é o computador, o monitor ou a impressora que estão com defeito.

Mesmo para este grupo de gente mal informada, que geralmente fica indiferente ao seu sistema operacional, começou a reclamar dos problemas do Vista como lentidão, aplicativos e equipamentos que não funcionam com ele, sem falar d+as rígidas medidas de segurança que obrigam a clicar duas ou três vezes para iniciar um programa qualquer. Assim, para este grupo, o importante é que o sistema operacional “desapareça”. O importante para eles é que o micro funcione e, também para este grupo, a boa notícia é que o Windows 7 caminhou bastante nesta direção, de ser um sistema operacional eficiente e que funciona de maneira transparente sem ficar no caminho do usuário a cada coisa que ele queira fazer.

Em resumo...

Ao que tudo indica, o Windows 7 veio para ficar. Esqueça o Vista e o XP, viva o Windows 7!

O Vista SP2 é “quase” tão bom quanto o Windows 7, mas no uso diário o novo Windows 7 tem um “algo mais” que o faz parecer mais rápido e eficiente. A Microsoft mudou muita coisa internamente: deve ter mudado até a equipe que desenvolveu o Vista, alterou sua estratégia de marketing e de comunicação com o consumidor, e o resultado está aí: acho que o Windows 7 será um sucesso e vai enterrar definitivamente o XP e o Vista ao mesmo tempo em uma vala comum. Mas só o tempo dirá se estou certo...

ATENÇÃO:
Leia este artigo NA ÍNTEGRA no site da Thecnica Sistemas, com muito mais informações, onde analisamos também os seguuintes tópicos:
• Mudanças trazidas pelo Windows 7 que o tornam melhor do que o Vista e o XP
• As qualidades do Vista (e também do Windows 7...)
• As queixas que se faz ao Vista e como elas foram resolvidas no Windows 7

Link direto: Migrar ou não migrar para o Windows 7

Talvez você se interesse também pelos seguintes artigos publicados sobre o Windows Vista na Revista PnP:

NAS BANCAS — NAS BANCAS — NAS BANCAS — NAS BANCAS — NAS BANCAS

Revista PnP nº 5
Pane no HD!, e Gravação de DVDs personalizados

Continuando nossos relançamentos, agora é a vez da edição 5 retornar às bancas.
Esta pode ser uma oportunidade de conhecer pessoalmente esta edição, caso ainda não a tenha.
O tema de capa é Pane no HD!, onde mostramos diversas técnicas para diagnosticar e reparar estes dispositivos, com destaque também para um detalhado artigo sobre a confecção e Gravação de DVDs personalizados, além de outros assuntos interessantes. Veja os temas dos artigos:
• Pane no HD. Com proceder?
• Gerando DVDs personalizados
• A importância do aterramento
• BrasilFW, roteador e firewall
• Informatização de empresas: Internet e planejamento são fundamentais
• Manutenção de notebooks: Como entrar neste mercado?
• Técnicos de informática: A difícil convivência entre o legal e o ilegal

Mais detalhes desta edição

Comprar exemplar avulso

Para adquirir também as edições anteriores, conheça nossos pacotes promocionais

Informações sobre a revista PnP
Onde encontrar - A Revista PnP é distribuída nas bancas e grandes livrarias, em todas as capitais e nas principais cidades do interior. Se você não encontrar em sua região poderá encomendar para o jornaleiro ou então pedir seu exemplar pela Internet, no site da Thecnica Sistemas.
Assinaturas - Podem ser feitas a partir de qualquer edição. O novo assinante recebe imediatamente as edições já publicadas, cobertas pela assinatura, e as seguintes assim que forem impressas. O processo de assinatura é simples e pode ser feito aqui.
Edições avulsas - Todas as edições podem ser vistas e encomendadas no site da Thecnica Sistemas. Pagamento com boleto bancário e entrega pelo Correio.
Conteúdo das edições já lançadas - No site da revista encontra-se o conteúdo detalhado de tudo o que já foi publicado, inclusive com um PDF em alta resolução da primeira página de cada artigo.
Publicidade - Temos diversos planos, para atender sua empresa qualquer que seja o tamanho dela. Fazemos tanto mídia impressa quanto através da Internet, saiba mais.