[Revista PnP] Boletim nº 105 - Melhor esperar pelo Windows 7, mudar para o Vista já ou continuar com o XP?
Revista PnP
Mais útil que uma revista, mais atual que os livros!
Visite nosso site: www.revistapnp.com.br
Problemas de visualização desta mensagem? leia on-line

Boletim informativo nº 105 - 09/05/09
Prezado(a)

O sucessor do Vista e do XP tem lançamento confirmado para Outubro de 2009, e já está disponível a versão de testes “RC”, isto é, “Release candidate” (candidato a lançamento). Aparentemente não haverá mais nenhuma versão RC e a que foi disponibilizada está muito próxima à que será lançada em breve. Neste contexto, muitos estão se perguntando:

Melhor esperar pelo Windows 7, mudar para o Vista já ou continuar com o XP?

Não há dúvida de que, para a Microsoft, a missão do Windows 7 é aposentar de uma vez por todas o XP e também o Vista. Dizemos isto porque, ao mesmo tempo em que o Windows XP foi um dos maiores sucessos da Microsoft, o Windows Vista foi um dos produtos mais controversos. Na contramão das tendências de mercado, que apontam para sistemas leves e com alta compatibidilidade, o Vista é um sistema pesadíssimo e incompatível com o hardware existente na ocasião do lançamento. Além disto, o Vista foi mal testado, mal divulgado e sofreu com uma propaganda inclemente custeada pela Apple e que ocorreu nos países desenvolvidos.

Tudo isto ajudou a abalar a imagem da Microsoft, que se apressou em lançar o Service pack 1 para o Vista e, mais do que isto, em acelerar ao máximo o desenvolvimento para lançar o quanto antes o sucessor do Vista e até do XP. Do XP? Sim, visto que a grande maioria do mercado não se convenceu das “vantagens” do Vista e preferiu ficar com seu bom e velho Windows XP, até porque poucos tinham (e têm) computadores com hardware à altura para rodar o Vista com uma performance decente.

O Windows 7 (fala-se “seven”) foi construído em cima de um núcleo bem mais leve que o Vista, e vem sendo testado exaustivamente. Talvez ele realmente seja melhor que o Vista e o XP, mas ainda é cedo para avaliar, até porque o que existe no momento é apenas uma versão de testes do Windows 7 (vide abaixo).

Não obstante, a pergunta que mais temos ouvido é se vale a pena esperar pelo Windows 7, mudar para o Vista imediatamente ou continuar com o XP.

A resposta mais certa seria um “depende”. Se você tem hardware suficiente para rodar o Vista, isto é, um micro com processador de mais de um núcleo, placa de vídeo boa e ao menos 2 GB de memória RAM, o Vista SP1 vai funcionar a contento, estando pronto para quando o Windows 7 chegar.

Se você tem hardware inferior a isto, deseja tirar o máximo de performance da máquina ou se tiver software ou periféricos antigos e/ou incompatíveis com o Vista, então o jeito é ficar com o XP mesmo. É preciso entender que o Windows 7 ainda é uma miragem, teremos que esperar o lançamento oficial e aguardar a reação dos consumidores para saber se ele realmente vai cumprir o destino para o qual foi projetado.

Entenda também que o Windows 7 é igualzinho ao Vista. Na verdade, parece que só mudou o nome, como se fosse um Vista SP1 passado a limpo, retirando-se os fatores que causaram mais rejeição a ele, ou seja, o Windows Seven atacou de frente:
• A lentidão do sistema operacional,
• A incompatibilidade de hardware, e
• As rígidas medidas des segurança, encarnadas no terrível UAC (User Access Control), o chatíssimo sistema que pede para o usuário confirmar várias vezes que realmente deseja executar determinado procedimento de rotina.

As telas do Vista e do Windows 7 são bem parecidas, porém o funcionamento do Windows 7 inegavelmente é melhor. O sistema é mais leve, não é tão exigente em relação ao comportamento do usuário e o suporte a hardware foi consideravelmente ampliado, até porque agora, dois anos depois do lançamento do Vista, os fabricantes já desenvolveram suporte suficiente para o Vista, do qual o Windows 7 é irmão “quase gêmeo”.

Em nossos testes, o Windows 7 rodou até mesmo em micros onde o Vista não consegue nem instalar ou instala mas roda muito lento. Se continuar neste caminho, o Windows 7 conseguirá atingir a meta da Microsoft, que é aposentar de vez o Windows XP e convencer os usuários a adotar a plataforma do Vista – ainda que com outro nome.

Versão gratuita para testes do Windows 7 RC

Para quem deseja testar a versão RC do Windows 7, o link para download é http://www.microsoft.com/windows/windows-7/download.aspx.

Não existe versão em português, apenas em inglês, alemão, japonês, espanhol e francês. Há versões para 32 bits e 64 bits, lembrando que as versões de 64 bits são recomendadas para computadores mais potentes, com 4 GB ou mais de memória RAM.

A versão de testes RC ficará disponível até junho de 2009 e funcionará sem restrições até 1º de junho de 2010, quando a Microsoft espera que os usuários adquiram a versão final a ser lançada em outubro de 2009.

Segundo a Microsoft, o hardware mínimo é este:

  • Processador de 1 GHz de 32 bits (x86) ou 64 bits (x64)
  • 1 GB memória RAM para 32 bits e 2 GB memória RAM para rodar em 64 bits
  • 16 GB de espaço livre no disco rígido, para 32 bits, e 20 GB para a versão de 64 bits
  • Placa de vídeo compatível com DirectX 9 com suporte a WDDM 1.0 ou mais recente.

Para baixar a versão RC é preciso fazer um cadastro. Será enviado um link para seu e-mail, que dará direito a conseguir a chave de ativação (“product key”) e baixar o instalador. Este vem em formato ISO e tem 2,36 GB, precisando ser transferido para um DVD antes da instalação.

Leia este artigo na íntegra, com mais informações, no site da Thecnica Sistemas:
Melhor esperar pelo Windows 7, mudar para o Vista já ou continuar com o XP?

Talvez você se interesse também pelos seguintes artigos sobre o Windows Vista publicados na Revista PnP:

LANÇAMENTO — LANÇAMENTO — LANÇAMENTO — LANÇAMENTO — LANÇAMENTO

DVD de Service Packs e Utilitários versão 2.5

LANÇAMENTO!

Tela principal do DVD de Service Packs e utilitários da Thecnica Sistemas
Detalhe da tela de controle do novo DVD de Service Packs e Utilitários (clique para ampliar)
O que já era bom ficou melhor ainda!
Nosso tradicional DVD foi atualizado e ampliado. Além de tudo o que já tinha, foi melhorado com:
  • Internet Explorer 8 32 e 64 bits para XP, Vista, 2003 e 2008
  • SP2 para Office 2007
  • Java Runtime 6
  • .NET Framework 3.5
  • Antivirus gratuitos e atualizados
  • Recuperação de dados apagados acidentalmente
  • MSN 2009 (Windows Live)
  • AdAware, Spybot e Ccleaner
  • Os demais programas foram atualizados para as versões mais recentes

Apenas R$ 19 (+ despesa bancária)

Comprar    Mais detalhes

Revista PnP nº 13 chega em breve


A nova edição da PnP já está sendo impressa, e será lançada em breve.
O tema de capa é a Manutenção de notebooks, tendo também outros assuntos igualmente atuais e importantes:
Windows versus Linux – Como anda esta briga?
Entendendo os roteadores – Como funcionam, como interligar
Redes wireless – Problemas e dúvidas mais comuns
Matemática financeira na prática – Como lidar com os juros em seu benefício
O lado ruim da internet – E como está influenciando as pessoas

Informações sobre a revista PnP
Onde encontrar - A Revista PnP é distribuída nas bancas e grandes livrarias, em todas as capitais e nas principais cidades do interior. Se você não encontrar em sua região poderá encomendar para o jornaleiro ou então pedir seu exemplar pela Internet, no site da Thecnica Sistemas.
Assinaturas - Podem ser feitas a partir de qualquer edição. O novo assinante recebe imediatamente as edições já publicadas, cobertas pela assinatura, e as seguintes assim que forem impressas. O processo de assinatura é simples e pode ser feito aqui.
Edições avulsas - Todas as edições podem ser vistas e encomendadas no site da Thecnica Sistemas. Pagamento com boleto bancário e entrega pelo Correio.
Conteúdo das edições já lançadas - No site da revista encontra-se o conteúdo detalhado de tudo o que já foi publicado, inclusive com um PDF em alta resolução da primeira página de cada artigo.
Publicidade - Temos diversos planos, para atender sua empresa qualquer que seja o tamanho dela. Fazemos tanto mídia impressa quanto através da Internet, saiba mais.