[Revista PnP] Boletim nº 181 - Instalação de programas no Linux é diferente do Windows
Logo Revista PnP Montagem • Instalação • Manutenção
PCs • Redes • Internet

Mais útil que as outras revistas, mais atual que os livros
Boletim informativo nº 181 - 14/04/2011 Visite nosso site: www.thecnica.com
Ainda não conhece a Revista PnP? Venha conhecê-la e temos certeza de que gostará!

Prezado

Uma das dúvidas mais comuns de quem está mudando do Windows para o Linux é justamente a questão da instalação de programas. O método tradicional do Windows, de baixar um instalador que cuida de tudo para o usuário, simplesmente não se aplica no Linux ou então se aplica mas com reservas e com alguns detalhes que atrapalham bastante quem não os conhece. Porque isto é que precisamos alertar aos desavisados:

Instalação de programas no Linux é diferente de como se faz no Windows

Os métodos tradicionais de instalação do Linux consistem em baixar um arquivo compactado no formato DEB, RPM, TAR e outros. Estes pacotes devem ser instalados no sistema usando procedimentos específicos para cada um destes pacotes, mas todos estes sistemas foram aos pouco sendo substituídos pelo APT-GET que de certa forma reúne todos eles e os substitui por algo bem mais prático. Nada impede que se instale aplicativos usandos os formatos antigos, mas pelo sistema APT-GET é mais fácil e confiável, tanto para instalar quando para desinstalar.

Pacotes promocionais da Revista PnP O APT-GET funciona da seguinte maneira: cada distribuição mantém seu próprio repositório (depósito) de programas, nada mais que um site onde são colocados os programas juntamente com os requisitos das dependências (bibliotecas) necessárias. Por exemplo, para se instalar um determinado aplicativo o fabricante do mesmo estabelece que é necessário existir no sistema determinadas bibliotecas. Esta condição fica estabelecida no pacote destinado ao repositório APT-GET, assim quando se inicia o instalador daquele programa ele irá checar no sistema se as bibliotecas necessárias estão presentes. Se não estiverem, ele vai se encarregar de adicioná-las ao sistema.

Assim, a maneira mais simples de instalar e desinstalar aplicativos nas distribuições Linux modernas, como é o do o Ubuntu, Mandriva e outras, o melhor mesmo é utilizar o instalador de programas da própria distribuição. No caso do Ubutu, este instalador é o Synaptic, que manuseia os pacotes APT-GET diretamente a partir do repositório mantido pela Canonical, que é a empresa que desenvolve o Ubuntu. Outras distribuições têm seu próprio instalador, e também pode-se instalar programas usando o sistema APT-GET também pela linha de comando, basta dar o comando APT-GET seguido do nome exato do programa.

A instalação manual, seja por qual método for (DEB, RPM, etc) é só mesmo para quem está desenvolvendo algum programa ou deseja utilizar algum programa que está em desenvolvimento e ainda não foi acrescentado ao repositório da sua distribuição Linux. Em algum casos assim, o fornecedor ainda nem sequer gerou os arquivos binários, isto é, fornece apenas o código-fonte do aplicativo, e o usuário precisa encarregar-se de compilar o código-fonte e gerar assim o programa propriamente dito, mas, repetindo, isto é só mesmo para quem sabe o que está fazendo e já conhece bem o Linux. Para a esmagadora maioria dos usuários, portanto, o melhor caminho para instalar e desinstalar programas no Linux é através do aplicativo feito especificamente para isto que é o Synaptic, no caso do Ubuntu do leitor que nos enviou a pergunta. Assine a Revista PnP!


Leia esta notícia em nosso site: Instalação de programas no Linux é diferente do que se faz no Windows

Talvez você se interesse também pelos seguintes artigos sobre Linux publicados na Revista PnP:


Versão 2.92 do DVD de Service Packs e Utilitários
DVD de Service Packs da Thecnica Sistemas Nosso tradicional DVD, utilíssimo para quem faz muitas instalações, foi atualizado e ganhou várias novidades, com destaque para:
  • Service Pack 1 para Windows 7 - O recém lançado pacote de atualizações
  • Avast Antivirus 6 - A nova e poderosa versão gratuita
  • Windows Live (MSN) - Versões 2011 e 2009 em versão FULL (não precisa de downloads adicionais)
  • Internet Explorer 9 - Versão final 32 e 64 bits
  • Firefox 4.0 - Nova versão
  • Intel CPU Burning Test - Para linha Core
  • FreeMake Video Converter - Prático e rápido
  • Compactador 7-Zip - Padrão que está substituindo o RAR
  • Kaspersky Virus Removal Tool - Excelente para remover vírus a partir do próprio micro, agora em versão atualizada
  • Além de todos os demais aplicativos, que foram atualizados para as versões mais recentes.
Ver mais detalhes e encomendar
Capa revista PnP 20 Roteador: Configuração Básica e Avançada
Revista PnP nº 20
Roteador: configuração básica e avançada

• Em breve estará nas bancas
• Em breve poderá ser encomendada em nosso site
• Exemplares de assinantes serão enviados em 22/04/2011 (previsão)


Esta edição tem vários assuntos interessantes, com destaque para o tema principal que vem num longo e explicativo artigo. Em suma, a nova edição da PnP traz os seguintes artigos:
.
Roteador: configuração básica e avançada
Atualizações e programas usados nas oficinas de informática
Porque não consigo um bom emprego?
Desktop ou notebook: qual é o melhor?
Implantação de Nota Fiscal Eletrônica
Traduzindo o Windows 7 para o português
Divisão de cabos de rede: ligando 2 micros em 1 único ponto
Smartphones e iPads ameaçam o predomínio do Windows?
Correio Técnico - As dúvidas mais interessantes enviadas pelos leitores
Revista PnP nº 20 em um só clique:
Pacote promocional edições 15 a 20 (de R$ 103,40 por R$ 93,00)
Outros pacotes promocionais
Fazer assinatura
Mais detalhes sobre esta edição
Ver todas as edições da Revista PnP