[Revista PnP] Linux ou Windows, qual é o melhor para a infraestrutura de uma empresa média? 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   CDs e DVDs  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Cursos e eventos  
Google

Você está aqui: Indeterminado
Artigo

Linux ou Windows, qual é o melhor para a infraestrutura de uma empresa média?

Questão colocada pelo leitor

Estou planejando uma infraestrutura de TI para uma empresa de médio porte aqui na minha cidade e gostaria de saber o que é mais lucro para uma empresa: contratar um profissional em servidores Linux para montar uma infraestrutura de TI ou terceirizar um produto e serviço? E no caso de firewalls, comprar um firewall de hardware, como o ISA da Microsoft, ou outro semelhante ou, ainda, seria melhor contratar um profissional da área?


Nossa respostaEssa é uma pergunta difícil de responder, pois depende de uma série de fatores e, principalmente, da filosofia da coisa como um todo. Só para exemplificar, podemos citar aqui alguns dos fatores a serem levados em conta na escolha:
  • O quanto a empresa pretende gastar,
  • Se a empresa se importa ou não em usar softwares “genéricos” ou se pretende ter tudo original e legalizado,
  • A disponibilidade na região de técnicos especializados em Windows ou Linux,
  • Se a empresa pretende aproveitar equipamentos antigos, ou se vai comprar tudo novo,
  • Se a empresa precisa rodar algum software específico, como acontece com sistemas administrativos, de produtividade (Office) ou de segurança,
  • Se a empresa pretende hospedar em casa seus sites e emails, e qual sistema pretende utilizar para isso (Apache, Sendmail, ou alguma solução proprietária)
  • Quais são os requisitos de segurança da empresa, e como pretende administrar isso,
Poderíamos citar tantos outros fatores a serem considerados, mas o importante é entender que dependendo do quanto se valoriza ou despreza cada um dos itens a escolha vai recair sobre sistemas Windows, Linux, MacOS ou, quem sabe, num sistema misto, que acabam sendo os mais comuns. Por exemplo, devido ao alto preço do Windows Server, é comum utilizar-se Linux nos servidores de arquivos, impressão, web e email, reservando o Windows ou até o MacOS para as estações de trabalho, mas mantendo terminais de acesso restritos (por exemplo, no almoxarifado) rodando em Linux mesmo, geralmente num micro mais antigo, afinal, é preciso apenas que ele rode um browser.


Publicado em 09/04/2013 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.