[Revista PnP] Segurança para fazer transações bancárias pela internet, usando micro ou smartphone. Será possível? 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   DVDs e pendrives  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Cursos e eventos  
Google

Você está aqui: Indeterminado
Artigo

Segurança para fazer transações bancárias pela internet, usando micro ou smartphone. Será possível?

Questão colocada pelo leitor


Recentemente fui vítima de invasão de conta bancária feita pela internet e logo em seguida tomei as devidas providências para que a mesma não fosse invadida novamente como por exemplo, foi cancelado meu cartão de débito e mudadas todas as senhas. Portanto, fica aqui minha sugestão de assunto para a equipe da thecnica: Segurança na web, qual o modo mais seguro de acessar o site bancário sem que o mesmo seja interceptado por hackers bem como se o uso de dispositivos como Token são realmente seguros e qual o modo mais seguro de acessar nossa conta bancária sem ser interceptado. Até que alguém me prove ser 100% seguro, ou como fazê-lo de maneira 100% segura, jamais voltarei a acessar minha conta bancária pela internet ou smartphone, pois creio que agindo assim e não deixando nenhuma porta de entrada, fica impossível para um hacker invadir novamente.


Nossa respostaA transação bancária pela internet é mais segura do que entregar seu cartão de crédito a um garçom, por exemplo. Ninguém está livre de ter seu cartão clonado ou de ver sua senha roubada, isto acontece tanto no mundo real como no virtual. Não é preciso retornar à época antes da internet, basta apenas tomar algumas medidas preventivas.

Por exemplo, não recomendamos que o micro de trabalho seja utilizado também para atividades de lazer. O micro onde se baixa joguinhos, paquera-se no MSN ou se assiste filmes pornográficos jamais deveria ser usado para transações bancárias ou compras pela internet. O ideal é ter dois micros ou, na pior das hipóteses, se você só tiver mesmo um único micro, pode criar uma máquina virtual com Linux só para entrar no banco e outras coisas sérias, deixando o micro hospedeiro com Windows para lazer. Outra saída é ter dois HDs no micro, um deles reservado só para coisas "sérias" e o outro para o lazer. Os micros com Linux são muito mais seguros para este tipo de transação do que os com Windows, o problema é que vários sites de banco não funcionam no Linux, o que é uma pena.

Outra providência importante é não ligar o micro diretamente na internet, mesmo que tenha apenas um micro naquela conexão de internet recomendamos colocá-lo por trás de um roteador e respectivo firewall, isto por si só já representa um grande aumento na segurança.

Fora isto tudo, o sistema operacional deve estar sempre atualizado e o mesmo se pode dizer do antivírus, além das providências óbvias de não clicar em emails suspeitos com arquivos anexados ou com links estranhos.

E os smartphones não são lá muito seguros mesmo. Eles ainda são jovens, em termos de desenvolvimento, e não passaram por todo o processo que Windows, LInux e MacOS sofreram nas últimas décadas, por isso os smartphones não trazem sequer um firewall ativado de fábrica, muito menos um antivírus, e esta é uma falha enorme que definitivamente os coloca para fora da possibilidade de serem usados para transações bancárias, a não ser que o usuário saiba instalar os dispositivos de segurança e deixe de usar o smartphone tal como vem de fábrica. Tomando-se estes cuidados, as chances da sua conta bancária ser invadida pela internet será muito menor de você ser assaltado na rua ao sair de uma agencia bancária, o famoso “crime da saidinha”.


Publicado em 12/07/2011 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.