[Revista PnP] OpenOffice.org abandona Oracle e organiza fundação para continuar o desenvolvimento independente 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   CDs e DVDs  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Google

Você está aqui: Home » Artigos sobre Aplicativos
Artigo (veja mais 44 artigos nesta área)

OpenOffice.org abandona Oracle e organiza fundação para continuar o desenvolvimento independente

Conforme já era esperado pela comunidade do software livre, a aquisição da Sun Microsystems pela Oracle já começou a dar sinais de que o desenvolvimento dos programas gratuitos feitos anteriormente pela Sun poderá parar.

O OpenOffice é uma suíte de escritório concorrente do Office Microsoft e que por motivos de marcas e patentes se chama BrOffice no Brasil. Originalmente criado por pequenas empresas e desenvolvedores independentes, o projeto era mantido e administrado pela Sun Microsystems, empresa que por sua vez foi adquirida pela Oracle, a empresa que faz um dos mais poderosos e caros gerenciadores de banco de dados do mercado.

Ao adquirir a Sun, a Oracle comprometeu-se a continuar desenvolvendo os produtos gratuitos e de código-fonte aberto que eram mantidos pela Sun. Mas ninguém estava confiando muito nisto, pois seria estranho uma empresa multimilionária como a Oracle, que vive de vender software proprietário, manter projetos que, em última instância, podem concorrer com seus próprios produtos.

Assim, não foi com surpresa que os antigos parceiros da Sun abandonaram o projeto OpenOffice.org e criaram um projeto derivativo a partir do código-fonte da versão atual. Esta derivação é o que se chama de “fork”, ou seja, uma derivação do projeto original. Isto já havia acontecido com outro produto open source da Sun, que era o MySQL o qual deu origem ao MariaDB, projeto de software livre criado a partir do código fonte do MySQL.

No dia 28 de setembro de 2010 a comunidade OpenOffice.org anunciou a formação da Document Foundation (“Fundação Documento”) e o re-relançamento do código fonte do OpenOffice sob um novo nome - LibreOffice.

A criação da Document Foundation tem o suporte de importantes financiadores e desenvolvedores do mundo Linux distributors como Red Hat, Novell, Google (Android) e Canonical (Ubuntu) assim como de muitas nações preocupadas com o domínio da Microsoft no manuseio de documentos, entre as quais estão Alamanha, Itália e Brasil, daí o nome “LibreOffice”.

Esta movimentação ocorre algumas semanas depois do anúncio feito pela Oracle de que ela pararia o desenvolvimento de outro projeto open source que ela passou a controlar quando adquiriu a Sun, que é o projeto OpenSolaris, uma distribuição Unix especializada e de certo renome. Na ocasião, uma associação conhecida como Illumos assumiu o controle do projeto open source.

A Document Foundation será liderada, inicialmente, por um comitê de antigos participantes do projeto OpenOffice. A nova versão do LibreOffice já está disponível no site da organização, em www.libreoffice.com, em várias línguas incluindo o português. No Brasil, aparentemente a organização vai continuar usando o nome BrOffice, cujo site está em www.broffice.org.br onde se pode baixar o programa e vários de seus complementos, havendo também notícias e dicas sobre o produto que substitui plenamente o Office da Microsoft, com a enorme vantagem de ser absolutamente gratuito e estar disponível com telas e dicionário em centenas de línguas, coisa que o produto da Microsoft não oferece.

Publicado em 28/09/2010 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 44 ARTIGOS SOBRE APLICATIVOS:
Como trocar a placa-mãe sem perder a instalação de um determinado programa?
BrOffice, LibreOffice e OpenOffice são compatíveis?
Não consegue gravar CDs em 1X. Mas, será que é necessário fazer isso?
Perda de pacotes na rede pode causar discrepância nos dados de um aplicativo comercial?
Programa administrativo feito em Clipper não roda no Windows 7 de 64 bits
Qual firewall poderia substituir o do Windows?
Para que serve o .NET Framework da Microsoft? Devo ou não instalar? Qual versão escolher?
Como rodar vários sistemas operacionais num mesmo micro?
Problemas num programa administrativo rodando em rede: erro no servidor
Programa administrativo em DOS não aceita impressora matricial Epson na porta USB com adaptador
Não consegue restaurar imagem de HD no formato .GHO feita com Norton Ghost versões 12, 14, ou 15
Ripadores de CDs e DVDs gratuitos para Windows
Adobe Flash Player não instala no Internet Explorer 64 bits do Windows 7
Avast ganhou fôlego com versão 5. Mas será o suficiente para concorrer com o AVG 2011?
Começar a aprender sobre virtualização
AVG Antivírus 2011 é uma boa opção entre os produtos grátis
Qual é o melhor antivírus gratuito para você baixar?
Migração de dados de um programa administrativo para outro
Como remover a mensagem de que meu Office 2007 não é original?
Não consigo apagar emails no Outlook Express
Micro trava só quando entra em alguns sites específicos
Quais programas gratuitos usar no Windows para ficar legalizado e evitar a pirataria?
Porque é preciso usar gerenciadores e linguagens de programação para acessar um banco de dados?
Como passar de vinil (LP) e cassete para MP3
A computação em 64 Bits já chegou. Finalmente!
Como gravar arquivos no formato APE e CUE? No Nero está dando erro.
Como abrir documentos do Office 2007 no Openoffice e nas versões anteriores de Office
Emprestar ou copiar CD e DVD é pirataria?
Problemas ao executar o jogo Harry Potter
Explicando o que é Kilobit, Megabit e Gigabit
Como copiar arquivos ocultos e pastas pelo DOS
Erro 1012 em programa Clipper
Rede transmite bem mas recebe lentamente
Dificuldade em instalar driver para Modem US Robotics
Cabo para ligar switch com switch é igual ao usado para ligar micro com switch?
Como identificar o tipo de memória
Programa gratuito e eficiente para teste de memória
Impressoras Espon e o programa SSC para ressetar os cartuchos
Lâmpadas ficam todas piscando na impressora Epson C86
Manutenção de PCs é tarefa para amadores?
Como prender o Cooler sem os grampos?
CMOS Descarregando, e a placa-mãe não tem bateria. Como resolver este problema?
Compartilhamento de internet do Windows versus servidor proxy. Qual é o melhor?
Microsoft descontinuou FrontPage. Já vai tarde...
Como fazer backup dos dados da agenda do Outlook Express
Posso colocar duas placas de rede no mesmo micro?
Qual é o melhor processador para jogos: Intel ou AMD?

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.