[Revista PnP] Diferença entre megapixels e megabytes numa câmera digital 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   CDs e DVDs  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Google

Você está aqui: Home » Artigos sobre Periféricos
Artigo (veja mais 15 artigos nesta área)

Diferença entre megapixels e megabytes numa câmera digital

Questão colocada pelo leitor


Adquiri recentemente uma câmera fotográfica Nikon Coolpix S6000 de 14.2 megapixels. Quando eu tiro uma fotográfica e verifico suas propriedades no Windows Explorer, ele me informa que o tamanho do arquivo é de apenas 1,8 megas. Como devo proceder para aumentar o tamanho da foto para chegar até os 14 megas prometidos? Isto já aconteceu comigo no passado, quando adquiri uma câmera Kodak que supostamente era de 12 megapixels mas quando via as propriedades do arquivo eles chegavam a cerca de 3.2 megas.

Isto não faz muito sentido para mim, como pode ser que a câmera com mais megapixels tire fotos com menos megas? Já tentei com todas as configurações da Nikon mas não consegui uma foto com tamanho de mais de 2 megas. Assim, estas são as minhas perguntas: o que afinal são estes 14,2 megapixels? Não é o tamanho da foto? Uma câmera de 14,2 não deveria ser melhor do que uma de 12 megapixels?


Nossa respostaA pergunta é totalmente compreensível e também é bem comum entre a maioria da população, que não entende muito de matemática e menos ainda dos detalhes técnicos de eletrônica e de informática. Os fabricantes e lojistas, por sua vez, não fazem muita questão de esclarecer estes pontos, nivelam o consumidor por baixo e dão a entender que algo que tem um número maior deve obrigatoriamente ser melhor do que outro que tem esse mesmo número menor. Isto acontece, por exemplo, nos aparelhos de som. Quantos aparelhos vendidos aí como tendo 1000 Watts e que não passam de ridículos 1 ou 2 Watts reais...

No caso das câmeras fotográfica esta bagunça providencial é alimentada pelos comerciantes. Câmeras são vendidas como se a quantidade de megapixels fosse o único parâmetro para dizer se um modelo é melhor ou mais moderno que outro, mas este é apenas um dos parâmetros. Existem muitas outras coisas a serem observadas, como a velocidade do obturador, a abertura das lentes, a sensibilidade do sensor com pouca o muita luz e assim por diante. Um modelo de 6 megapixels pode tirar fotos muito melhores (e custar mais caro) que um modelo de 12 megapixels o que, aliás, ocorre frequentemente.

Assim, para entender a pergunta precisamos explicar melhor duas definições, a de megapixels

Megapixel – Conforme suspeita o leitor, este é o parâmetro que mede o tamanho da foto que uma câmera pode tirar. Um pixel é a menor parte de uma imagem, é parecido com os pequenos pontos que se podemos ver ao observar a tela de um monitor ou televisor bem de perto, de preferência com uma lupa. Se o pixel é a menor unidade de uma imagem, o megapixel corresponde a 1 milhão de pontos, pequenas partes de uma imagem. Se a câmera Nikon citada tirar uma foto de uma pessoa em sua resolução máxima, ela será constituída por 14,2 milhões de pontinhos. Se tirarmos outra foto da mesma pessoa na mesma posição, mas usando uma câmera mais antiga, digamos de 4 megapixels, esta foto vai representar a mesma imagem, mas com “apenas” 4 milhões de pixels, que já mais do que suficiente para uma ótima qualidade, suficiente até para fazer a capa de uma revista. Surgiu daí, portanto, a maneira comum se referir a quantos bits fazem a resolução de uma imagem, numa forma de dar idéia do quão detalhada é uma foto.

Megabyte – Este é o tamanho do arquivo armazenará a foto no disco rígido de um computador, na memória da câmera, num DVD ou num pendrive. Para representar a imagem de 14,2 megapixels num arquivo com cores no formato RGB precisaríamos de pelo menos 24 bits para cada pontinho capturado, ou seja, 8 bits para cada cor básica (vermelho, verde e azul). Grosso modo, seria necessário ter um arquivo com 14,2 Mbytes X 24 = 340 MBytes, o que lotaria rapidamente a memória de qualquer câmera fotográfica.

O que os fabricantes fazem para diminuir o tamanho deste arquivo é utilizar diversas técnicas de compressão, entre as quais a mais conhecida é a JPG mas existem outras como PNG e TIFF. Além disto, cada fabricante da câmera calibra sua câmera de uma maneira diferente e costuma oferecer níveis de detalhamento como rough, standard e fine (baixo detalhe, padrão e fino). O tipo de foto também influi no tamanho do arquivo. Quando mais detalhado ele for, maior será o arquivo. Por isso é que as fotos nunca têm o mesmo tamanho, mesmo tendo sido tiradas no mesmo momento. Tudo isto junto é que afeta o tamanho final do arquivo, que sempre será expresso em megabytes (MB) e não em megapixels.

Recapitulando, 14,2 megapixels não é o tamanho da foto, é a sua resolução. Megapixel não é a mesma coisa que megabyte. E não é porque o tamanho da Nikon é menor que as fotos são de pior qualidade.

No caso da Nikon, vimos no manual que ela é capaz de tirar fotos com os seguintes tamanhos e consequente tamanho em megapixels:

altura (pixels)largura (pixels)tamanho (megapixels)
4320324014
326424488,0)
259219445,04)
204815363,10)
1024768 0,78(resolução “PC”)
6404800,31 (resolução “VGA”)
4224237610 (proporção 16:9)


No exemplo acima, da Nikon, os dois primeiros números são a altura e largura da foto. Para saber o tamanho em megapixels basta multiplicar um pelo outro e dividir por 1 milhão.

Para cada modelo de câmera pode-se montar uma tabelinha destas, e utilizar a resolução mais adequada a cada situação. Uma foto que vai para a internet não precisa ter a mesma resolução (e tamanho de arquivo) que uma foto que será impressa na primeira página de uma revista de arte.

Mas como saber o tamanho de foto que eu necessito? Para tanto é preciso saber algumas coisinhas, como o fato das fotos para internet estarem em 72 dpi (pontos por polegada) e para ser enviado para uma gráfica ou para serem impressas em papel precisam ter ao menos 300 dpi.

Assim, digamos que você deseja um foto para publicar em seu blog ou álbum de fotos na internet. A tela do computador tem, digamos, 1024 x 768 pixels na maior parte dos casos atualmente. Assim, para a foto pegar meia página no vídeo ela precisaria ter no máximo 640 x 480 pixels, tudo o que for a mais que isto seria desprezado e só serviria para deixar o carregamento das fotos pela internet mais demorado.

Mas se você precisa de uma foto no tamanho 10 x 15 cm para ser impressa, precisaríamos fazer uma continha. 1 polegada = 2, 54 cm, portanto o tamanho de 10 x 15 cm representa aproximadamente 5 x 6 polegadas. Se precisamos de pelo menos 300 dpi, temos portanto que a foto precisaria ser tirada em 5 x 300 X 6 x 300 = 1500 x 1800 pixels. Como não existe esta resolução na Nikon que estamos tomando como exemplo, partimos para a resolução de 3 megapixels que vai nos dar fotos com 2048 x 1536 pixels, mais do que suficiente para o que precisamos.


Publicado em 19/12/2010 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 15 ARTIGOS SOBRE PERIFéRICOS:
Touchpad de notebook não é reconhecido depois que notebook é desligado
Trocar HD original por SSD vai deixar notebook mais rápido? Será que compensa?
Problemas ao gravar dados em um DVD. Seria problema do drive?
Gravador de DVD fazendo barulho estranho... será que estragou?
Plasma, LCD ou LED: qual destes tipos é melhor para monitores e HDTV?
Cabos HDMI - será que a marca importa? O que é importante verificar?
Atualizou notebook de XP para Windows 7 e agora não tem áudio, mesmo com o driver já instalado
Devo embarcar no Blu-ray? O que preciso verificar?
Notebooks e smartphones em alta. Seria o fim dos micros desktop?
Porque o micro não reconhece o total de memória instalada?
É melhor usar Fita DAT ou DVD-RW para fazer backup de uma empresa?
Escolhendo monitores com tela grande
Estações graficas Linux com micros antigos. É possível?
Função Hibernar no Windows ME
Senha na pasta Linux compartilhada com o SAMBA

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.